O jornal New York Times listou os ensinamentos de executivos cristãos norte americanos bem sucedidos. Segundo a reportagem a Bíblia tem influenciado a ética no mundo ocidental, isso inclui o mundo empresarial. “Nossa sociedade ainda baseia os seus fundamentos morais da religião cristã. O certo e o errado estão claramente definidos nas Escrituras”, disse Steven K. Scott autor dos livros “Jesus, o Homem Mais Sábio que Já Existiu” e “Os Segredos Dos Homens Mais Ricos do Mundo”.

A seguir, uma lista de empresas cujos donos se identificam como cristãos e atribuem todo o seu sucesso empresarial pessoal aos ensinamentos da Bíblia. Eles seguem uma linha politica e socialmente conservadoras, tentam se manter longe dos cartéis, comuns no meio empresarial, e levam a sério o ensinamento bíblico de pagar seus impostos.

A empresa de alimentos Tyson Foods, foi fundada pelo evangélico John W, Tyson e, de acordo com seu site, pretende “honrar a Deus” em tudo que produz. Ele inicia o dia de trabalho com um período de oração com os funcionários na sede da empresa multinacional.

A In-N-Out Burger também opera no ramo de fast-food. Cada uma das embalagens de comida e copos da rede trazem um versículo. A ideia foi de Rich Snyder, filho do fundador, que morreu em 1993. Eles explica que o seu desejo era “expressar sua fé, sem precisar impô-la aos clientes”.

Mary Kay Ash, fundadora da marca de cosméticos Mary Kay, estampa em seu site pessoal a declaração: “A fé ajudou Mary Kay a superar obstáculos e atingir o auge do sucesso. Ela sabia que as Escrituras fornecem uma base sólida para o verdadeiro sucesso na vida”.


Steve Green, é o fundador da Hobby Lobby, uma das maiores cadeias de lojas de material de construção do mundo. Para ele, sua fé e valores afetam a maneira como ele conduz os negócios. Afirma não mentir para os fornecedores e funcionários, sempre buscando oferecer produtos a um preço justo. Recentemente, “comprou uma briga” com o presidente Obama por causa da distribuição das “pílulas abortivas” propostas por planos de saúde.

Jin and Don Chang, donos das lojas de moda jovem Forever 21 imprimem “João 3:16″, na parte de baixo de todas as suas sacolas de compras. Se alguém perguntar o que significa, as funcionárias são treinadas para explicar.

A empresa de Transportes Covenant [Aliança], fundada em 1985 por David A. Parker, mostra em seus caminhões o compromisso de seu dono. A começar pelo nome, que se refere às muitas alianças feitas por Deus com os homens. Além disso, seu logotipo mostra um rolo de pergaminho que lembra o material onde os primeiros textos bíblicos foram escritos.

Philip J. Clements, fundador do Center de Ética Empresarial Cristã, explica que para muitos desses empresários, o início foi difícil, mas eles permaneceram fieis. Para eles, a Bíblia é uma espécie de “manual de negócios”.  Mas não é uma fórmula mágica, foi preciso muito trabalho duro.

Fonte: Gospel Prime