Que a leitura de bons livros amplia o repertório intelectual e cultural, os nossos pais e professores já diziam. Agora, segundo revelou uma pesquisa da The New School for Social Research, dos Estados Unidos, o hábito de ler também ajuda o profissional a desenvolver habilidades que são essenciais para sua carreira.

No estudo, os voluntários que tinham acabado de travar contato com livros de ficção de boa qualidade tinham mais facilidade para compreender o ambiente em que estavam inseridos e para ler as entrelinhas das conversas. Ou seja, quem lê ficção se conecta às experiências de vida dos personagens que encontra nos livros e as histórias fictícias aguçam a capacidade de compreensão, uma habilidade que o leitor leva automaticamente para a vida real.

Essa sensibilidade é essencial para trafegar nos relacionamentos profissionais. Então, fica a dica. Escolha livros de ficção que trazem reflexões sobre a vida, o trabalho, entre outros temas relevantes e adquira esse hábito que pode trazer grandes resultados para sua carreira profissional. A seguir, seis obras selecionadas pela revista Você S/A:

  1. Um Jogador, Fiódor Dostoiévski, Editora 34 – mostra os perigos do vício e da ambição.
  2. O duplo, Fiódor Dostoiévski, Editora 34 – aborda a fragilidade da alma humana e põe em questão a falsa onipotência e a arrogância humana.

  3. Grande Gatsby, F. Scott Fitzgerald Penguin, Companhia das Letras – para entender que as aparências enganam e que não saber lidar com o poder pode levar a consequências terríveis
  4. Austerlitz, W.G. Sebald, Companhia das Letras – como entender que o passado é um modo de encontrar seu lugar no mundo e de se conhecer melhor.
  5. O Processo, Franz Kafka, editora 34 – mostra que não temos controle sobre nosso destino e que a burocracia e a violência podem criar problemas inexistentes e impedir a tomada de decisões.
  6. Macbeth, Shakespeare, editora L&PM – mostra que a ambição desenfreada pode enlouquecer até as pessoas mais calculistas e sensatas

Fonte: Você S/A